Como você mede os cuidados de saúde?

Existem três maneiras principais de determinar os cuidados de saúde. Eles são custos, valor e resultados. Vamos olhar para qualquer um deles. Como você mede qualquer um deles? Nesse lugar está um guia passo a passo. Para começar, defina seus resultados de saúde. Basicamente, os resultados com os quais você mais se importa são as taxas de mortalidade e o status funcional. Logo em seguida, meça tua prestação de serviços de saúde contra estes resultados. Ao fazer isto, você poderá verificar se seus cuidados de saúde estão auxiliando você. Eu quase agora tinha me esquecido, para compartilhar este post contigo eu me inspirei nesse site teste de alergia em duque de caxias, por lá você poderá encontrar mais informações importantes a este post.

Valor

O valor dos cuidados de saúde ficou uma prioridade nacional, à quantidade que o sistema de saúde dos Estados unidos se transforma de acordos habituais de taxa por serviço em contratos baseados em valor. Com a crescente gravidade do “valor” nos cuidados de saúde, a charada de como medir isso assumiu uma nova urgência. Em característico, o Conselho Nacional de Saúde e as organizações de pacientes estão se concentrando pela importância de “valor” como uma métrica de medição. O valor dos cuidados de saúde é o valor dos resultados médicos pra um grupo específico de pacientes, como crianças saudáveis ​​ou pessoas mais velhas com múltiplas condições crônicas.

Custo

O acrescentamento do gasto dos cuidados de saúde se precisa em amplo fração a doenças evitáveis. As quatro principais causas de morte são doenças cardíacas, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), câncer e derrame. Mesmo que estas doenças sejam caras de cuidar, elas geralmente são capazes de ser evitadas ou gerenciadas a um gasto pequeno se diagnosticadas com antecedência. Fumar e obesidade são fatores de risco significativos pra doenças cardíacas e câncer de pulmão. Além do mais, a alta taxa de obesidade colabora pro acrescento do gasto dos cuidados de saúde.

Cortes de custos

Numerosos fatores contribuem pra inevitabilidade de redução nos custos nos cuidados de saúde. O primeiro é aproximar-se custos fixos, como pessoal e espaço de laboratório. Nos cuidados de saúde, os custos fixos tendem a acrescentar a uma taxa idêntico ao avanço dos volumes dos pacientes, mas podem ampliar mais rapidamente se a nova mistura de pacientes for mais complexa. Também, os mandatos de gastos de cima pra nanico têm um efeito prejudicial na característica dos cuidados e pela satisfação dos pacientes.

Resultados

Embora as métricas habituais possam fornecer dados valiosos no momento em que usados ​​em conjunto com os resultados dos cuidados de saúde, eles podem ser enganosos quando não estão vinculados a resultados relatados pelo paciente. Sem resultados, eles conseguem não ser significativos ou proteger os provedores a se concentrarem no que mais importa pros pacientes. Também, fornecedores e pagadores que estão acostumados a avaliar métricas de processo podem achar difícil identificar aqueles que de fato importam. Esse artigo explicará a credibilidade dos resultados dos cuidados de saúde e como medi -los de forma eficaz.

Cuidado coordenado

Os esforços para aprimorar o atendimento ao paciente pela coordenação dos cuidados são necessários para adquirir os mais queridos resultados dos pacientes. Pela prática médica atual, os prestadores de serviços de saúde geralmente trabalham em silos, tornando em má intercomunicação e cuidados aleatórios. Os cuidados coordenados assim como ajudam a impossibilitar “soltar a bola”, períodos de espera indevidos e duplicação de esforços. Contudo como os cuidados coordenados são capazes de ser implementados em ambientes de atenção primária? A resposta é uma combinação de abordagens amplas e atividades específicas.

Equipa multidisciplinar

Uma equipe multidisciplinar tem algumas vantagens. A inteligência de unir uma ampla gama de conhecimentos, conhecimentos e recursos significa que um paciente podes receber o fantástico atendimento possível. As equipes multidisciplinares são especialmente eficazes no universo em desenvolvimento, onde instalações de busca e funcionários limitados impedem o desenvolvimento de cuidados especializados. Ademais, existem enorme quantidade de fatores que limitam a eficácia de tal equipe, incluindo ausência de discernimento e facilitação. Pra passar essas barreiras, os países em desenvolvimento necessitam escrever políticas e diretrizes pra assegurar que as equipes multidisciplinares possam funcionar acertadamente.

Continuidade do cuidado

A perpetuidade do atendimento cita -se à integração e coordenação dos cuidados de um paciente em algumas configurações. Pesquisas mostram que a baixa continuidade dos cuidados resulta em procedimentos dispensáveis de diagnóstico e terapêuticos que custam bilhões de dólares nos EUA a cada ano. Em um estudo recente da Instituição Johns Hopkins, os pesquisadores analisaram o atendimento de 1,2 milhão de pacientes do Medicare e descobriram que pacientes com baixa continuação dos cuidados receberam mais procedimentos diagnósticos e terapêuticos do que aqueles com alta perpetuidade. Se quiser saber mais dicas sobre o assunto deste conteúdo, recomendo a leitura em outro ótima site navegando pelo hiperlink a seguir: Página da web relevantes.

Se você estava interessado no tema nesse postagem, neste local estão mais várias páginas com tema parecido:

De uma olhadinha aqui

Como você mede os cuidados de saúde? 1

Artigo Completo